brasil.gov.br
DSpace

Inmetro  >
Inovação Tecnológica >
DITEC | Cenários Tecnológicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://hdl.handle.net/10926/1131

Título: Biotecnologia : pedidos de patentes depositados no Brasil - Relatório final
Autores: Inmetro, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Loureiro, Isabel Moniz Aragão de Lemos
Dias, Rodnei Fagundes
Palavras-Chaves: Biotecnologia
Patente
Propriedade industrial
Inovação tecnológica
Data: 2011
Citação: INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA. Biotecnologia : pedidos de patentes depositados no Brasil - Relatório final. Rio de Janeiro: Inmetro, 2011.
Resumo: A biotecnologia abrange diferentes áreas do conhecimento, que incluem desde a ciência básica (biologia molecular, microbiologia, biologia celular, genética, genômica, embriologia, etc.), a ciência aplicada (técnicas imunológicas, químicas e bioquímicas) e outras tecnologias (informática, robótica e controle de processos). A OCDE define biotecnologia como “a aplicação da ciência e tecnologia a organismos vivos, bem como suas partes, produtos e modelo afins, aplicados às alterações de materiais vivos e não-vivos, para a produção de conhecimento, produtos e serviços” (OCDE, 2006, p.7, tradução nossa). Atualmente, a biotecnologia é vista por muitos especialistas como a “tecnologia do futuro”, pois vem impulsionando inúmeras inovações tecnológicas ao longo dos últimos anos, nos mais diversos setores e países. Neste trabalho desenvolvemos um estudo de monitoramento tecnológico das patentes em biotecnologia de residentes e não residentes depositadas no Brasil, no período de 2006 a 2008, como forma de buscar dimensionar o cenário tecnológico sobre esse tema, a partir destas informações. De acordo com a definição do INPI (2011), as patentes de biotecnologia “são aquelas que contemplam processos de produção baseados em materiais biológicos tais como micro-organismos, produtos resultantes, materiais biológicos e os próprios micro-organismos desde que sejam transgênicos”. A motivação para a realização deste estudo se deve aos esforços do Inmetro para a formação de uma estrutura que favoreça o aumento do potencial brasileiro em inovação no segmento da biotecnologia. A construção do Centro Brasileiro de Materiais Biológicos (CBMB), em parceria com o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), e da inauguração do Laboratório de Biotecnologia, em 2010, podem ser vistas como resultado destes esforços.
Descrição: 18 f.: il.
Tipo de documento: Relatório Técnico / Report
Unidade: Diretoria de Inovação e Tecnologia - DITEC
Aparece nas Coleções:DITEC | Cenários Tecnológicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
2011_ESTUDO_BIOTEC_VERSÃOFINAL_1.pdf751,25 kBAdobe PDFSob Embargo Ver/abrir
Estatísticas

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.

 

Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Fale conosco