brasil.gov.br
DSpace

Inmetro  >
Articulação Internacional >
CAINT | Teses e Dissertações >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://hdl.handle.net/10926/1197

Título: Percepção da qualidade e uso competitivo de tecnologia de informação em empresas texteis e de confecção de “jeanswear”
Autores: Moreira, Sérgio Dias
Orientadores: Quintella, Heitor Luiz Murat de Meirelles
Palavras-Chaves: Indústria têxtil
Avaliação da conformidade
Qualidade
Tecnologia da informação
Produtos têxteis
Percepção da qualidade
Confecção de roupas
Data: 2004
Citação: MOREIRA, Sérgio Dias. Percepção da qualidade e uso competitivo de tecnologia de informação em empresas texteis e de confecção de “jeanswear”. 2004. Dissertação (Mestrado em Sistema de Gestão)-Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2004.
Resumo: Este trabalho visa apresentar um estudo e suas conclusões sobre dois temas para o segmento têxtil e a confecção de roupas de Jeanswear. São eles, a percepção da qualidade de um produto têxtil pelos clientes e o uso competitivo de tecnologia da informação em empresas têxteis. Para utilização de dados confiáveis para embasar as conclusões, foram realizadas pesquisas em livros, revistas especializadas, sites, publicações (teses e artigos), bem como informações extraídas de entidades representativas do setor como: ABIT (Associação Brasileira da Indústria Têxtil), CNI (Confederação Nacional da Indústria), SENAI_CETIQT (Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil), ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), dentre outras. Foram utilizados como referencial teórico Zeithaml, Parassuraman e Berry (1990), para avaliar a percepção da qualidade do produto (Hipótese I), através do modelo SERVQUAL. O modelo SERVQUAL, para este trabalho, foi adaptado para “produto”, já que o mesmo foi desenvolvido para avaliar a qualidade de serviços. Como referencial dos resultados da pesquisa sobre o uso competitivo de Tecnologia da Informação, que faz parte do projeto de Fatores Humanos e Tecnológicos da Competitividade desenvolvido na Universidade Federal Fluminense, foram utilizados os modelos de Cadeia de Valor de Michael Porter (1989) e de Estabilidade Dinâmica de Joseph Pine (1994 - Hipótese II e IV). Foi usado ainda, em conjunto a esses 2 autores, Philip Kotler (1993 - Hipótese III), onde foi realizada uma comparação da qualidade com outros fatores de competitividade, que são: preço, inovação e diferenciação. A metodologia do presente estudo é baseada no filósofo austríaco Karl Popper (1902 – 1994) que consiste em propor soluções a partir de conjecturas ou hipótese elaboradas na forma de questões passíveis de teste. Se a hipótese não supera os testes será falseada, refutada, e exige nova reformulação do problema e da hipótese. Para a hipótese I, das 5 dimensões do modelo SERVQUAL, foram utilizadas 3 dimensões, a tangibilidade, a empatia e a confiabilidade, excluindo-se a responsividade e a segurança. O segmento têxtil está fortemente ligado a dimensão empatia, somente esta dimensão atendeu aos critérios estabelecidos no estudo para validação da hipótese, seguido da dimensão confiabilidade. As demais hipótese (II, III e IV) que tratam da competitividade através do uso de tecnologia da informação, apresentaram os seguintes resultados: As empresa estão utilizando tecnologia da Informação como ferramenta gerencial (Hipótese II); A qualidade é fator de competitividade maior que o preço e a inovação e menor que a diferenciação (Hipótese III); As empresas têxteis “não” estão utilizando a tecnologia da informação para alcançarem melhor posicionamento estratégico e vantagem competitiva (Hipótese IV). ____________________________________________________________________________________.
ABSTRACT: This work has the objective to present a study and its conclusions regarding 2 subjects of great importance to the textile field and the Jeans wear manufacturing. The customer’s perception and the use of information technology by textile companies. In order to obtain data that one could use to serve as the basis for the conclusion of this study, we have made use of books, industry magazines, websites, technical papers, and data collected from industry associations such as: ABIT (Brazilian Association of Textile Industry), CNI (Brazilian Industrial Confederation), SENAI-CETIQT (Center of Technology for the Chemicals and Textile Industries), ABNT (Brazilian Association of Technical Rules), and others. The Zeithaml, Parassuraman e Berry (1990) and the SERVQUAL model were used as technical references in order to evaluate the perception of quality in the product. The SERVQUAL model was adjusted to “product” since this model was initially developed to serve as the basis for evaluating the quality of services. The “Cadeia de Valor de Michael Porter (1989)” and the “Estabilidade Dinâmica de Joseph Pine (1994 - Hipótese II e IV)” which takes part on the research project “Human Factors and Competitive Technology” developed by Universidade Federal Fluminense, were used as a reference to demonstrate the research results obtained for the competitive usage of Information Technology. The methodology presented in this study is based on Karl Popper (1902-1994), Austrian Philosopher, which consists in proposing certain resolution or conclusion which shall be based on the assumptions created in a format of questions which would be made. In case a number of assumptions are less than the questions made, then the test must be cancelled and there is a need to review and access the problem once again. In the assumption I, 3 considerations were used from the SERVQUAL model, tangibility, empathy and faith, excluding responsiveness and security. The textile market segment is forged to empathy only when this assumption achieved the pre-required criteria in the study to validate the same assumption, followed by trust. The other assumptions (II,III and IV) which cover competitiveness through the use of information technology present the following results: The companies are using information technology as a management tool (Hipotese I); Quality is a competitive factor, with higher importance than price and inovation, but less than diferentiation (Hipotese III); The textile companies are not making use of information technology to achieve a better strategic positioning nor competitive advantage (Hipótese IV).
Descrição: 175 f. : il., tab.
Tipo de documento: Dissertação / Dissertation
Aparece nas Coleções:CAINT | Teses e Dissertações

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
Moreira_2004.pdf767,53 kBAdobe PDFSob Embargo Ver/abrir
Estatísticas

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.

 

Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Fale conosco