brasil.gov.br
DSpace

Inmetro  >
Metrologia >
Metrologia Científica e Industrial >
Metrologia Térmica >
DITER | Relatórios técnicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://hdl.handle.net/10926/374

Título: Relatório da comparação interlaboratorial com termopar de isolação mineral tipo K Organizada pela CT 11
Autores: Santos, Paulo Roberto da Fonseca
Petkovic, Slavolhub Garcia
Palavras-Chaves: Laboratório : desempenho
Capacidade de medição
Calibração de termopar
Calibração de instrumento
Data: 2006
Citação: INMETRO. Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Rio de Janeiro, RJ). Paulo Roberto da Fonseca Santos; Slavolhub Garcia Petkovic. Relatório da comparação interlaboratorial com termopar de isolação mineral tipo K Organizada pela CT 11. Relatório, 2006.
Resumo: Esta comparação interlaboratorial foi planejada pela Comissão Técnica de Temperatura e Umidade (CT 11) da Divisão de Credenciamento de Laboratórios (Dicla) do Inmetro e foi realizada de 2005 a 2006. O objetivo desta comparação na grandeza temperatura foi avaliar o desempenho dos laboratórios participantes quanto à sua melhor capacidade de medição e investigar particularidades no serviço de calibração termopar de metal básico. A escolha do artefato recaiu sobre o termopar tipo K, Cromel (NiCr)-Alumel (NiAl), de isolação mineral por ser este um sensor que abrange uma ampla faixa de medição, ser o mais empregado na indústria [1, 2] e apresentar um comportamento instável quando submetido a temperaturas acima de 300 °C. O termopar tipo K também pode apresentar um erro de até 10 °C no termoelemento positivo (níquel-cromo), particularmente quando o sensor é recozido ou usado em temperaturas próximas de 400 °C [2]. A não-homogeidade nos fios também motivou sua escolha para a realização desta intercomparação. Embora a faixa de trabalho do termopar K se estenda de −200 °C a 1200 °C, foi decidido avaliar a calibração dos termopares na faixa de 0 °C a 1000 °C. A Comissão estabeleceu os procedimentos da comparação e confirmou a participação de 18 laboratórios: IOPE, ECIL, IPT, VISOMES, CONSISTEC, SALCAS, CST, USIMINAS, CONTEMP, LABELO, CIENTEC, MEC-Q, LABOMI, IFM, STAVALE, FEI*, HERAEUS E PRESERTEC. O laboratório piloto da comparação foi o Laboratório de Termometria (LATER), do Inmetro, perfazendo um total de 19 inscritos e 18 participantes. * O Laboratório da FEI acabou não participando da comparação.
Descrição: 16 f. :il.
Tipo de documento: Relatório Técnico / Report
Aparece nas Coleções:CGCRE | Acreditação de Laboratórios
DITER | Relatórios técnicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
2006_SantosPetkovic.pdf559,16 kBAdobe PDFSob Embargo Ver/abrir
Estatísticas

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.

 

Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Fale conosco